CLICK HERE FOR FREE BLOGGER TEMPLATES, LINK BUTTONS AND MORE! »

segunda-feira, junho 21, 2010

A Copa do Mundo e o DESorgulho de ser brasileiro - parte II

Esse é meu primeiro post sobre a Copa do Mundo. Mas não é sobre o que diabos aconteceu ou está acontecendo com Espanha, Alemanhã, Itália, Inglaterra e França (aliás, que papelão hein?). Também não é sobre o gol de mão do Luis Fabiano, a falta de fair-play dos marfinenses (admito, tive que googlar isso) ou a expulsão do Kaká.

Hoje minha indignação se restringe ao senso estético do técnico da seleção brasileira. Ou nesse caso, a falta de.

Eu não sei exatamente qual é a audiência de um jogo de Copa do Mundo. Mas sei que é alta, e sendo o Brasil um dos favoritos para levar o título, eu fico imaginando quantas milhares de pessoas estão assistindo aos jogos e achando que é assim que os homens se vestem no Brasil. Sim, porque, naqueles 90 minutos os olhos do mundo estão naquele homem, e é ele a representação máxima do país.

A não ser que ele tenha tido um surto ultimamente, o que é pouco provável, ele deve ter se vestido mal a vida inteira. Mas de um tempo pra cá (deve ser minha falta do que fazer) é que começou a me incomodar. Para ser mais exata, na entrevista coletiva após a divulgação da lista de convocados, em maio, quando surge ele de camisa verde, sobre camiseta amarela. Péssima combinação, mas até aí alguém ainda poderia afirmar que ele só estava querendo usar as cores nacionais. Podia ter simplesmente usado o uniforme oficial, não? Agasalho mesmo. Não ficaria elegante, mas seria menos ridículo. Camisa branca com uma gravata verde escura ficaria no meio termo também.



Aí vem o primeiro jogo. Frio na África do Sul. O que o Dunga resolve usar? Um casaco que, pra mim,  parecia ter sido usado pela da tia-avó dele (o narrador da RTE preferiu dizer que ele parecia fazer parte da marinha)  e blusa de gola rolê por baixo. Herchcovitch que me perdoe, mas eu ainda acho péssimo. Gente normal sabe muito bem que o que funciona com modelos na passarela nem sempre funciona na vida real.



Mas foi depois do jogo de ontem que eu não me contive. Camiseta verde e camisa laranja/coral (whatever), não. Simplesmente não entendi. O narrador (de novo da RTE que é onde eu assisto aos jogos) chamou a escolha de "interesting" (sendo bem sárcástico). Eu chamo de provocação. É provocação? Só pode ser provocação. Ele deve querer mostrar que faz o que quer, com o time e com o guarda-roupa dele. Vergonha alheia. E caso você não tenha notado, o sapato preto estava acompanhado de meias brancas.



Será que a CBF não tem uma graninha pra contratar um personal-stylist, não? Ou cadê a mulher dele pra dar um help pelo menos?

Pois é, vergonha alheia.

N.

PS. O post A Copa do Mundo e o DESorgulho de ser brasileiro (parte I) está aqui.

10 comentários:

Dany Gouveia disse...

Pois eh cada dia mais ele nos surpreende com os modelitos, isso pq a filha dele eh estilista...que medo, sera que ela quem veste ele?!?

Miss Cherry disse...

Infelizmente é a filha dele a personal stylist dele... E pela forma que ele tem agido (xingando deus e o mundo e jornalistas brasileiros na coletiva) acho dificil alguem falar pra ele que NAO É LEGAL NEM FASHION AS ROUPAS QUE ELE USA!

K∂riиє* Smith. disse...

Ih, nem tinha reparado!
Mas tenho que discordar...não achei ruim não, esse negócio de combinar tudinho é coisa de brasileiro e eu acho particularmente cafona quando se combina o sapato,o cinto, a bolsa, o prededor de cabelo e a cor das unhas.
Hoje sou bem mais tolerante com esse lance de moda, até porque fashion é usar o que a gente se sente bem, se você parar para analisar a fundo, o Dunga não é um cara que faça o que os outros esperam dele, como pode-se notar na escalação e isso também reflete na maneira como se veste.
Acho bobagem isso fazer com que você sinta vergonha do Brasil, desonestidade e corrupção são problemas muito maiores do que o que o outro veste...
E se essa sua dita 'cafonice' está trazendo sorte para o Brasil, que ele continue no 'estilo', vai ver é promessa para o santo padroeiro dos 'cafonas'.

beijos

Nivea Sorensen disse...

Karine, eu tb acho cafonissimo combinar tudinho. Mas laranja com verde nao tem jeito, pelo menos nao como ele usou.
Tenho vergonha sim porque ele nao sabe se vestir e pronto! ;)
Agora se for promessa eu até aturo...

Nivea Sorensen disse...

Ah, desonestidade e corrupção também me envergonham, mas o post é mesmo sobre o mal gosto do Dunga.

K∂riиє* Smith. disse...

Pode apostar !
É promessa ! hahaha

P.s.: Qundo é o casamento número 2?

rrenata disse...

Putz Nivs ... nem tinha notado aquela meia branca realmente e o fim. Nem os mais loucos dos loucos usaria isso em uma copa do mundo..... muito cafona!!!!!!!

Saudades!! fica com Deus! bjinhos

Manu Martins disse...

HAHAHAHHA Po, o galvão falou que ele tava fashion com aquele casaco da tia-avó.
Eu ja achei que ele tava qrendo parecer alguem do seriado Gossip Girl, tava a cara da Blair :P

Bjs

katia disse...

concordo totalmente com você.. sou muito mais fã do Felipão, que usou em todos os jogos o uniforme da seleção... muito mais simples, prático e bonito! Essa mania de técnico da "Europa" que vai p/ a beira do campo, se esgoelar de tanto gritar, vestindo terno "Armani"

Nivea Sorensen disse...

Não é que eu escrevi 'mal' com 'l' ao invés de 'u'! Isso que dá não pensar mais em Português. Mau gosto. Corrigido.

Ka, casamento numero 2 dia 24 de Julho. Quando é o seu??