CLICK HERE FOR FREE BLOGGER TEMPLATES, LINK BUTTONS AND MORE! »

sábado, outubro 09, 2010

Preto, branco e amarelo

Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Pra essa gente careta e covarde
(Frejat/Cazuza)

Eu tenho muita pena de quem não sabe ler. Não estou falando de quem é analfabeto, de quem não teve chance de ir à escola. Esse pelo menos tem consciência da própria ignorância, o que já é um sinal de vida inteligente. Estou falando mesmo é daquele que sabe que B + A é Ba, mas não consegue ir muito além disso. Aquele que estudou, às vezes até que foi (e foi aqui é o melhor termo) à faculdade. 

Dou um exemplo melhor, para quem consegue acompanhar, claro. Recebi um email, anônimo (outra coisa que me dá pena) me esculachando por ser a favor do aborto e do homossexualismo. Agora, começando com o aborto, se você voltar lá no meu último post, vai ler que eu disse que sou a favor da legalização do mesmo. E só. Não tem nem subtexto para chegar a nenhuma outra conclusão além do que está literalmente escrito. A minha opinião sobre aborto nem está lá. Não por covardia, mas porque nem era relevante para o assunto sobre o qual eu escrevia. 

Mas como eu não tenho medo das minhas opiniões, e nem "medo de que Deus me castigue", vai lá. Eu não sou a favor do aborto. Acho sinceramente que ninguém é. Eu acho sim, que toda mulher deve ter a opção de terminar uma gravidez indesejada, com a apoio médico e psicológico descente. Se eu faria um? Honestamente eu não sei. Definitivamente não hoje, com mais de 30 anos, casada e com condições psicológicas e financeiras de criar e educar uma criança (tendo ela sido planejada ou não), não com luxo, mas com dignidade e conforto. Fácil dizer que a minha resposta é não, eu nem consideraria essa hipótese. Tivesse eu 15 ou 10 anos a menos, e a situação fosse diferente, talvez eu não tivesse tão certa assim. Difícil (e as vezes até dolorido) é se colocar no lugar do outro. Pouca gente sabe fazer isso, principalmente entre os que se dizem "religiosos", por mais irônico e anti-cristão, que isso possa parecer. 

Em segundo lugar, quem enxerga as coisas em cores que vão além do preto e do branco, sabe muito bem que a  maioria das pessoas não deixa de tomar suas decisões, e de agir, contra o que se convém chamar de imoral ou ilegal. Portanto, legalizar o aborto, não significa automaticamente aumentar a taxa de abortos que são realizados por aí todos os dias. Quem tem dinheiro, paga por uma clinica ilegal. Quem não tem tenta os métodos mais esdrúxulos para conseguir o que deseja. Em ambos os casos a gente sabe como, na maioria das vezes, a coisa termina. 

Lógico que num mundo ideal, ou num filme com a Meg Ryan, as pessoas teriam todas as condições de evitar uma gravidez indesejada, e tudo seria perfeito. Mas como não é, particularmente, eu acho que abortar ou não (nas primeiras semanas e por razões médicas, sociais ou econômicas plausíveis) é uma decisão ética e moral que deveria caber à mulher. Eu não julgo nem uma, nem a outra.

Quanto a segunda polêmica, bom, essa é tão ridícula que eu me sinto até meio sem vontade de rebater. Para começo de conversa, eu sou a favor do homossexualismo. Entendi. Então quer dizer que existe gente contra. Então, é tipo a minha opinião sobre o amarelo. Explico melhor. Eu acho amarelo uma cor horrível, acho que ninguém fica bem de amarelo, e ninguém deveria usar. Pronto falei. O "problema" é que o amarelo existe indiferentemente do meu gosto pessoal. Ele não vai deixar de existir porque eu não gosto (a não ser que um dia eu compre minha própria ilha, crie um país, e corte cabeças de quem ousar usar amarelo). Do contrário, vai sempre existir gente que goste de amarelo (e que me condene por gostar de roxo). E sabe o que mais? Se eu parar para pensar, não me faz mal nenhum, nem nenhuma diferença na minha vida, whatsoever, o fato das pessoas que gostam de amarelo existirem, ou até mesmo o fato delas (ousadas!) usarem amarelo na minha frente! Nem sequer dói. 

Vou mais longe, e acho que se existe um Deus, mesmo que ele não goste de amarelo (eu prefiro acreditar que ele gosta de todas as cores), essas pessoas não vão ser castigadas. 

Mas nada disso estava escrito no meu post. Eu só tinha dito que acho que sim, pessoas do mesmo sexo deveriam ter o mesmo direito que eu tive, de me casar legalmente. Não entendo porque não. E também não entendo o medo absurdo das pessoas que acham que caso isso aconteça, o mundo vai se acabar em fornicação.

Chega  a ser engraçado. Eles acham que sexo gay deve ser tão bom, tão bom (nunca tentei, mas não estou dizendo que não seja) que ninguém mais vai querer fazer sexo hétero. Ou seja, se um homem puder legalmente casar com outro, não vai mais se casar com uma mulher, não vão ter filhos e it's the end of the world as we know it.

É até uma lógica meio flattering aos homossexuais, não é não?

Se você teve paciência de ler tudo isso e tem uma opinião diferente, ou melhor, um argumento que não seja "é pecado" (porque isso me lembra minha mãe me dizendo que eu não podia fazer alguma coisa "porque não"), e coragem de assinar seu nome embaixo, fique à vontade.

E caso você goste de amarelo, e tenha se sentido ofendido, eu peço desculpas pela metáfora.

Agora são quase 6 da manhã e se a insônia me permitir, eu volto para a cama. 

N.

15 comentários:

Wagner, DUBLIN disse...

Não.eu definitivamente não gosto de amarelo...mas adoro PINK...uhhushaushauhsuahsua...ofendido? A bandeira gay eu carrego todos os dias com maior orgulho.bjus coloridos.

Miss Cherry disse...

nao gosto de amarelo, mas por causa de um trauma de infancia. tenho um irmao gemeo, me chamo ana CLARA. Primario, era da mesma turma do meu irmao, ai a prof perguntou o q tem dentro do ovo, a clara, e dentro da clara? Victor! pronto. Nunca mais gostei de nada que tivesse a ver com ovo (incluindo amarelo). Entao, admito q eu nao me engajava nas questoes gays, mas dai dei aula prum homossexual e percebi que ele era mto mais digno do meu respeito e apoio que mto hetero por ai. A partir de entao, ultra defendo quem é homossexual.

Nao gosto de rosa! pronto, falei heheh

Anônimo disse...

e-mail anonimo...huahuahua
essa foi boa!!
opiniao eh opiniao, nada a ver se a pessoa sabe ler e blablabla.
Tenho amigas q ja fizeram abortos, outra q tentou e nao teve sucesso e hj tem q carregar o "fardo" de ter uma bebe com problemas e convulsoes varias vezes ao dia.. tbem tenho amigos e amigas gays e eles sabem q os amo como amigos mas qdo o assunto eh opcao sexual, sabem da minha opiniao...
e minha opiniao eh o q eh e nao vai mudar.. pra mim opcoes que fazem bebes sentirem dor ou familias sofrerem nao eh correto, se ha dor nao concordo... e nesses 2 casos sempre ha!
Meus conceitos vem da criacao que minha familia me deu, nao do que o mundo quer que eu concorde ou creia..
Se qser novos assuntos para seu blog podemos continuar nesse jogo, eu escrevo no meu facebook e vc cria uma pagina aqui.. ;)
Passar bem!
Karol

Anônimo disse...

So sai como anonimo pq nao tenho tempo p criar Blog
Karol

Cath disse...

caramba imagina se cada vez que a gente ler algo e nao concordar, comecar a sair chutando o pau da barraca por ai? Se fosse assim nao teria um politico em Brasilia. Eu li seu post e acho que vc deu sua opiniao e eh isso ai.Eu tb concordo de certa forma com aborto ja que nao da pra colocar uma rolha na danada do povo que sai povoando por ai e o mundo eh que paga com criancas na rua, antiga FEBEM.Eu acredito que o ser humano eh responsavel por suas escolhas e opcoes e quem gosta de amarelo, vai gostar de amarelo, quem gosta de azul vai gostar de azul. Agora o pior do ser humano nao eh ter opinioes diferentes eh nao saber respeitar cada um. Se fosse assim imagina como seria boring viver em um lugar que todo mundo concorda com tudo. As consequencias das escolhas eh de cada um e nao eh pq um nao foi feliz que todos nao vao ser. Ni, continue com o seu otimo de trabalho de dar sua opiniao, ser sempre vc com seus posts otimos! Nos blogueiros temos tempo para criar blogs, temos tempo para viver, respirar, mostrar nossa personalidade, nao ter medo de nossas escolhas e acima de tudo ser feliz! Bom fim de semana, bjuss!
E Deus abencoe todas as escolhas e opinioes!

Mr. Lemos disse...

eu não sou amarelo nem religioso nem gay nem político nem médico nem mulher nem feto nem preto nem branco. mas adoro que existam todos esses e sou feliz com as diferenças - físicas e de opinião - desde que todos tenham os mesmos direitos. viva a liberdade! e seu blog tb!! hehehe

andrea disse...

Oi Nivea,,,
acompanho o blog há um tempao e nunca comento, mas agora tenho que comentar...
ameiiii o texto, concordo 100% com tudo o que vc escreveu!!!
até do amarelo e do roxo..
parabéns!!
beijos pra vc e pro baby..
Andréa

Nivea Sorensen disse...

Karol,
Vestiu a carapuça porque quis. E até por engano, acho eu, já que não acredito que o email covarde que eu recebi tenha vindo de você, que teve coragem de expressar sua opinião publicamente no Facebook.
Assunto para o blog, eu sempre tenho, obrigada. E tempo a gente nunca tem, cria.

N.

Anônimo disse...

..Eu nao te mandei e-mail nenhum, nao preciso me esconder e acho q mesmo q vc receba um e-mail de alguem q seja contra esses 2 topicos abordados, nao seria covardia como classificou a cima e sim opiniao.. vc veio debater em seu Blog o q viu no meu facebook, ate msm usando a palavra "fornicação"..
Nao vesti carapuça nenhuma, não sou a favor e ponto
So nao se faça de "a boa moça desentendida" ;)

Nivea Sorensen disse...

Karol,
Eu disse justamente que não acho que o email tenha vindo de você (é só ler lá em cima). Ter opinião não é covardia nenhuma, ameaça anônima por e-mail é.
Desde quando a palavra "fornicação" é marca registrada?
Mania de perseguição é pouco, hein?

N.

Anônimo disse...

fck u!

Nivea Sorensen disse...

Humm... Comentario com inteligencia,argumentos e classe.

Wagner, DUBLIN disse...

É babado e confusão...adóóóóoóógo...finíssima a guria...hahauhahuahuahuaahuahuahu

Veneranda Pedroza disse...

Também sou contra tudo que causa dor... Dar à luz a uma criança e depois jogá-la no lixo, como se lixo fosse, causa dor. Discriminação causa dor. Abandono causa dor. Mulheres morrendo na mão de médicos inescrupulosos causa dor. Não ser feliz causa dor. Não ser amado causa dor. Desrespeito causa dor. E tanta coisa causa dor!
E eu, gosto do preto, do amarelo (por que me lembra o Sol) e do branco, mas confesso, nunca fui fã do vermelho...

Parabéns Nivea. Seus textos são ótimos! Bem escritos, objetivos e contundentes...


Abraços!

BiLL disse...

Rapaaaaz, o bicho pegou aqui hein! Atóóóóron barraco internacional!