CLICK HERE FOR FREE BLOGGER TEMPLATES, LINK BUTTONS AND MORE! »

segunda-feira, abril 12, 2010

O que conta

I will hold you for as long as you like
I'll hold you for the rest of my life

(Paul McCartney)


Hoje são dois aniversários. Dois meses de casamento, e dez meses desde que I e eu nos conhecemos. Pra você que não sabia ainda, ou não sabe fazer conta, eu me casei com um homem que conhecia só há 8 meses, sim. E apesar do que muita gente acha, nem foi pelo passaporte. Mas enfim, o que os outros pensam realmente não me importa.  

Na verdade, acho que o que mais surpreendeu as pessoas (pelo menos as com quem eu me importo) foi o fato de eu casar, em si. Eu, que nunca quis casar. Que sempre achou casamento um das coisas mais bregas do mundo, junto com 'invisible bra' e mulher velha com cabelo comprido. O mundo dá voltas. 

Eu tinha me esquecido da data. I. também. Só depois que ele saiu de casa para o trabalho é que eu recebi uma mensagem de texto dele, que provavelmente tinha acabado de perceber que dia é hoje. 

E depois minha mãe ligou para nos dar os parabéns. Logo minha mãe, que nunca pareceu se importar com datas. Saudades muito grandes da minha mãe. De ter minha mãe por perto. E olha aí de novo, o mundo dando suas voltas. 

Mais do que isso, estou com muita saudades dos meus amigos, e de ter amigos. Eu não conheço ninguém aqui em Dublin, agora. A não ser as pessoas que eu conheço através de I., mas aí não conta!  Eu, que sempre me dei muito bem comigo mesma, me vejo agora querendo companhia. Quem diria, hein?

Em que momento será que eu mudei? Não foi quando eu casei. Não foi quando fiquei noiva. Não foi quando comecei a namorar com I. Não foi quando nos conhecemos. Não foi quando vim para Dublin. Não foi com a segunda depressão. Não foi com a Cultura Inglesa. Não foi com o CNA. Não foi quando virei professora. Não foi com a primeira depressão. Ou com a faculdade. Ou com... Não, mas deve ter sido um pouquinho com cada uma dessas coisas. Tão pouquinho que nem dá para perceber. 

O fato é que eu falho insistentemente a cada vez que tento entender exatamente quando a menina que brincava com as escovas de dentes virou a mulher que toma chá-com-leite. Ou como eu consigo ficar cada vez mais brasileira, e menos brasileira ao mesmo tempo.

Mas quer saber mesmo? Estou feliz, e se eu ainda sei certo, é isso que conta, lá no final das contas, né?

N.

8 comentários:

Pamela disse...

Oi Nívea, é a Pamela (simmm, do Oasis haha mto tempo atrás). To adorando seu blog, menina! Realmente.. nada mais brega que invisible bra! Boa sorte pra vc =*

Ana Flavia disse...

Oi Nivea! Ai, que pena que não estou mais aí. Iamos ser super amigas. OH, mas vale bater papo no msn, viu.
Essa transformação é tão singular. Também me olho no espelho da interior e pergunto quando foi que virei essa outra tao diferente de mim mesma.
Assim como voce, tb me dá uma vontade enorme de que a mae estivesse ali do outro lado da rua, seria só a atravessar e sentar pra tomar um café.
Acho que a maturidade nos abraçou.
Beijos

Karine smith disse...

Oi Nívea, quer ser minha amiga então? :)

Bem, primeiramente parabéns pela data e quanto ao que os outros acham ou deixam de achar você faz bem em não se importar.(mas que vc foi corajosa vc foi e eu mais ainda ! hahahaha)

Vem aqui na minha casa tomar chá com leite ou um guaraná, dia desses?

bjs

Patricia disse...

Nivea,
Seu blog é ótimo. Sincero, sensível, sútil.
Parabéns pelos textos e pela coragem.
Encontrei seu blog por um desses acasos que acontecem. Estou programando um intercâmbio para Irlanda e esbarrei em um site de um jornalista brasileiro que mora por aí agora. No blog dele tem um link para o seu. Grata surpresa.
Se você não se incomodar, continuarei acompanhando seus posts e quem sabe quando eu chegar aí, possa integrar um círculo de amizades que todos nós precisamos. : )
Be happy!
Patricia

Nivea Sorensen disse...

Obrigada meninas.

Pamela, quanto tempo, hein!

Ana, pena menos pois acho que seríamos boas amigas. Ainda nos resta o msn e o blogs. E quem sabe ainda umas visitas de férias.

Karine, convite aceito, deixei uma mensagem no seu blog.

E Patrícia, boa sorte com o intercâmbio. Qdo vc vêm?

bjos a todas

Wagner, DUBLIN disse...

Ahhhhhhhhhhhhh...liga não...só mais uma leve crise existencial te rondando...isso passa...

Patricia disse...

Nívea,
Adorei os novos posts, especialmente as referências ao Caio Fernando de Abreu.
O meu intercâmbio se iniciará em agosto, se não houver nenhum desvio no caminho.
Até lá, vou me divertindo com a sua percepção bem humorada da vida por aí.
Patricia
PS: Acabei de reler minha msg anterior e percebi um erro de português terrível! Mas, acredite, eu sei que sutil (ao menos com o significado que busquei com a palavra) não tem acento. Mas, inicialmente, quis escrever útil. Depois pretendi brincar com aquela figura de linguagem (aliteração, ou algo parecido), na qual repetimos o som no início das palavras...Aí, você viu no que deu. Sorry for that e pelo tamanho enorme dessa msg! :)

Nivea Sorensen disse...

Patrícia, nem tinha reparado no erro. Relaxa. E já te convido para um chá, café ou pint qdo vc chegar na Irlanda. Um beijo.