CLICK HERE FOR FREE BLOGGER TEMPLATES, LINK BUTTONS AND MORE! »

sábado, novembro 20, 2010

Eu não estudei para isso - parte II



Conversa no Skype com candidato a aluno*:

Aluno: Boa tarde. Gostaria de receber informações sobre os seus cursos. Sou paquistanês e tenho interesse em fazer FETAC Certificate in Information Technology.

Eu: Infelizmente esse curso é de nível 5 e o governo da Irlanda não fornece visto para alunos do Paquistão inscritos nesse programa. 

A: [mostrando que sabe bem o que quer] Então pode ser o Bacharelado em Recursos Humanos.

E: Infelizmente nós não oferecemos esse curso.

A: Tá bom. Você sugere o quê então? Eu quero estudar na Irlanda a partir de Janeiro de 2011.

E: Nesse momento estamos com matriculas abertas para o curso X, Y, W e Z, todos com início em Janeiro do ano que vem.

A: 2011?

E: [já sei paciência, mas ciente que meu chefe tem acesso a conversa] Sim, ano que vem = 2011.

A: E quais são os requisitos?

E: Para qual deles? Eu te ofereci 4 opções diferentes.

A: Quais são as opções mesmo?

E: [copy e paste] Nesse momento estamos com matriculas abertas para o curso XYW e Z, todos com inicio em Janeiro do ano que vem.

A: Para o FETAC.

E: [pensando que eu realmente preciso desse emprego, se não...] Então, como eu já falei para o senhor, o FETAC não está disponível para alunos que dependem de visto pré-aprovado para estudar na Irlanda [pelo menos não os do Paquistão e da Nigéria, mas ele não precisa saber disso porque se não fica bravo comigo, como se fosse minha culpa]. O senhor pode escolher, dependendo da sua qualificação, claro, entre XYW e Z.

A: Ah, tá bom. E para o Bacharelado em Recursos Humanos, quais são os requisitos?

E: [respiro fundo, vou buscar um copo de água] Como eu já disse, infelizmente nós não temos esse curso na nossa grade.

A: E qual tem mesmo?

Aí antes de mandar pra $^&*!@£ eu paro e penso no meu marido lindo, em quanto eu gosto de morar aqui, no café mocha da Butlers, na prateleira cheia de kits de presente da Boots, nos produtos de beleza, maquiagem e perfumes de todas as marcas bacanas e preços acessíveis da Brown Thomas, nas roupas da Zara e todas as outras coisas que eu não teria se não tivesse que aguentar isso. 

Como dizem os ingleses, you can't have your cake and eat it

N.

* pra quem não sabe eu sou responsável pelo international admissions numa instituição de ensino na Irlanda. 

6 comentários:

Juliana Yonezawa disse...

Affffff!!! Que vontade de matar!!

Espero que o baby traga mais paciencia p vc... Vc vai precisar.

Ainda bem que tem um monte de coisas boas na sua vida pra balancear esse estresse!!

Beijao, Ju

Mr. Lemos disse...

Fala a verdade... vc tá nesse emprego só pra se divertir, né??

Karen Domingos disse...

Essa era uma brincadeira daquelas de televisao, mas essa versao eh com o Chaves do paquistao !! huahauahauahu

Ana disse...

hahaha! Haja paciencia,hein. Eu trabalhei no call center da Vivo por um ano. No fim, passei a gostar de chamadas como essa: ter de repetir a mesma historia pra um só tantan me salvava de estar livre pra atender outros tantos pepinos do mesmo tipo.

bjos

BiLL disse...

AHGHGAHGAHAHAH meu, demais. Ri muito com essa. Será que é alguma versão do Borat ou algo assim? Tem Mução no Paquistão? Sei lá...só sei que a hora que você parou e pensou serviu de identificação pra todos nós! =)

Cath disse...

hahahahah eu juro q eu teria sido demitida depois dessa hahaha paciencia eh uma dadiva ..